logo

Fóssil de cobra com patas ajuda a compreender como o grupo perdeu os membros

O fóssil foi descoberto no ano 2000 mas foi alvo de uma nova análise que revelou a existência de uma segunda pata não-visível a olho nu. Esta descoberta permitiu chegar à conclusão que se trata uma das primeiras fases do processo evolutivo que conduziu à perda dos membros característica do grupo das cobras. Leer más.

Compartir en facebook
Facebook
Compartir en twitter
Twitter
Compartir en linkedin
LinkedIn